Edição Rápida – 9ª Tiragem – Cem Melhores Crônicas (que, na verdade, são 129)

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

147

mp2

Podcasters: Host do episódio: Valesi e Will Mesquita, do Papaya Orange.

Escreva para nós: contato@edicaorapida.com.br 

Nossas Redes Sociais: Twitter Facebook Skoob YouTube
mp11

Troféu Prefácio:

O nosso Troféu Prefácio vai para Alessandra Souza.

Quais livros você amigo ouvinte/leitor indicaria aos podcasters? Quem sabe não usamos a sua dica nas próximas tiragens!

cem-melhores-cronicas 

LIVRO DO DIA: Cem melhores crônicas (que, na verdade, são 129)Mario Prata

 

Por quê escolhemos este livro?

Ouçam!!!!

Qual livro que cada um de nós tem/leu?

  • Valesi: 1ª reimpressão, 2007. Editora Planeta do Brasil

 

Qual a expectativa antes de ler o livro?

 

Valesi: já conhecia o Prata de outros livros – Minhas Vidas Passadas (a limpo) e  Palmeiras – um caso de amor (que acabou virando o filme O Casamento de Romeu e Julieta, roteirizado pelo próprio Mario Prata e estrelado pela espetacular Luana Piovani – então um livro de crônicas dele foi realmente algo que brilhou para mim na prateleira. Sabia que iria me divertir muito. E não estava errado.


get_img

 

BREVE BIOGRAFIA DO AUTOR:

 

Mineiro de Uberaba, nasceu em 11 de fevereiro de 1946 e ainda criança mudou-se para Lins, no estado de SP. Aos 14 anos já escrevia a coluna social da Gazeta de Lins, assinando com o pseudônimo de Franco Abbiazzi. Filho de pai médico, leitor voraz, iniciou a faculdade de Economia da USP e uma carreira no Banco do Brasil para abandonar ambas pela literatura. Cronista, romancista, dramaturgo, fumante, boêmio e um dos melhores observadores da vida comum, largou a cidade de São Paulo pela bela ilha de Florianópolis, onde continua na ativa.

Site pessoal do autor: MarioPrata.net

 

TOMO UM: SEM SPOILERS

cem-melhores-cronicas

Crônicas escolhidas: 

  • Valesi:
    • O Amor de Tumitinha (pág.15);
    • Voando com a Bela da Tarde (pág. 67) – com menção a Chico Buarque em Paris (pág. 148);

mp12

  • Will Mesquita:
    • Amor, vamos discutir a nossa relação? (pág. 163);
    • Olha Eu Aqui, Mãe;
    • Você é um Envelhescente?;

 

spoiler-alerta

 

TOMO 2 – SPOILERS FREE

cem-melhores-cronicas

  • Valesi:
    • O Amor de Tumitinha (pág.15), Estadão, 23/01/1995: Você também deve ter alguma palavra que aprendeu na infância, achava que tinha um certo significado e aquilo ficou impregnado na sua cabeça para sempre. Só anos depois veio a descobrir que a palavra não era bem aquela e nem significava aquilo. Um exemplo clássico é a frase hoje é domingo, pé de cachimbo. Na verdade não é pé de cachimbo, mas sim pede (do verbo pedir) cachimbo. Ou seja, pede paz, tranquilidade, moleza, pede uma cervejinha. E a gente sempre a imaginar um pé de cachimbo no quintal, todo florido, com cachimbos pendurados, soltando fumaça. E, assim, existem várias palavras. Por exemplo: …. leiam!!!
    • Voando com a Bela da Tarde (pág. 67), Estadão, 01/08/2001: Ela devia ter o quê? Vinte, vinte e um. Eu estava sentado na 10C, corredor. Ao meu lado, duas poltronas vagas. Ela vem vindo lá da frente e o pensamento começa a dizer aqui, aqui, aqui. E ela se sentou aqui. Levantei-me quando chegou, sou educado, mamãe ensinou. E minha filha acrescentaria: velho tarado. Sabe gracinha? Pois. … leiam!!!
    • Chico Buarque em Paris (pág. 148), Época, 19/06/2004: […] Certa vez fui apresentado a um antigo centromédio do Santos, o Formiga. Depois de um breve diálogo, o assunto esgotado, sem saber por que continuei a encará-lo. O silêncio se prolongava, incômodo, e ainda encasquetei de colocar a mão no ombro do Formiga. Com o polegar, comecei a pressionar de leve a sua clavícula, e me lembro que ele ficou um pouco vermelho. Então me dei conta de que, pela primeira vez na vida, conversava pessoalmente com um botão. … leiam!!!
  • Will Mesquita:
    • Amor, vamos discutir a nossa relação (pág. 163), Cartaz Editorial – São Paulo, 1997: Há alguns anos, eu e minha mulher (hoje ex-) fomos convidados pelo cantor e compositor João Bosco para assistirmos ao show dele no Teatro Municipal de Santo André. Como não sabíamos o caminho, João Bosco, que ia com a Kombi da gravadora, ofereceu-se para uma carona. Pegamos ainda o genial jornalista policial Otávio Ribeiro (Pena Branca) e sua noiva no Hotel Cineasta no centro de São Paulo e lá fomos nós. Pena tinha acabado de escrever um livro chamado Barra Pesada. …. leiam!!!
    • Olha Eu Aqui, Mãe (pág. 137), Estadão, 20/10/2002:

      — Mãe, estou escrevendo na última página da Criativa.

      — Da onde, meu filho?

      — Da revista Criativa, mãe. Não conhece? Vende uns 500 mil exemplares por mês.

      — Só? O Oscar, disseram que tinha 1 bilhão vendo. É revista de arquiteto, meu filho?

      — Não, mãe. Revista de mulher.

      — Pelada?

      — Não, mãe, é séria. Feita de mulher para mulher.

      — E você vai escrever aí? Na última pagina, ainda por cima? Por que não deixam você escrever na primeira? Por que você não escreve no Cruzeiro? Tão boa revista, meu filho.

      — Já fechou, mãe. 

       …. leiam!!!

    • Você é um Envelhescente? (pág. 13), Estadão, 24/04/1993: Se você tem entre 45 e 65 anos, preste bastante atenção no que se segue. Se você for mais novo, preste também, porque um dia vai chegar lá. E, se já passou, confira. Sempre me disseram que a vida do homem se dividia em quatro partes: infância, adolescência, maturidade e velhice. Quase correto. Esqueceram de nos dizer que entre a maturidade e a velhice (entre os 45 e os 65), existe a ENVELHESCÊNCIA. …. leiam!!!

 mp13

Contracapa:

  • Outtakes;

Músicas utilizadas no programa (Creative Commons – Jamendo):

  • Diamond Eyes – The Dust Bowl
  • Heroes – David Bowie
  • Let’s Dance – David Bowie
  • Space Oddity – David Bowie – Starman – David Bowie
  • Under Pressure – Queen feat. David Bowie
  • Colorblind – Convey

Boa viagem de volta, Starman.

Feed do Edição Rápida: http://feeds.feedburner.com/EdicaoRapida

mario db

Rubens Gomes Passos Netto

Netto, popularmente conhecido entre os imigrantes Guaxupeanos treteiros que tocam a zueira no pequeno município de São Paulo, gosta de comprar livros, mais do que até ler estes que já adormecem em suas estantes, ler os livros é algo em que ele acredita não ser necessário depois que os compra, já semeava a discórdia ao aceitar o rótulo de “nerd”, quando em terras tropicais, tal rotulo era algo, um tanto, pejorativo, o que julgava ser maravilhoso, apaixonado por Fórmula 1 e por teorias que não levam a humanidade a lugar algum, salvo se for ao La Chollita.

3 comentários em “Edição Rápida – 9ª Tiragem – Cem Melhores Crônicas (que, na verdade, são 129)

  • 13 de janeiro de 2016 em 16:45
    Permalink

    Eu li a continuação de 7 de Paus: Os Viúvos. O ex agente federal está recebendo umas cartas bizarras de um psicopata, enquanto a equipe dele está procurando uma mulher é a única pista é uma foto de um ângulo aonde o sol não bate. É simplesmente hilário!

  • 13 de janeiro de 2016 em 17:51
    Permalink

    Eu não sou fã de crônica mas…. ri bastante com vcs mesmo sem o principal participante(RsRS) esperei alguém comentar pra não ficar chata… eu não assistir nem Bang Bang para comentar sobre o autor. E sendo somente vcs dois foi mto bom e engraçado o podcast (ainda assim não me deu vontade ler crônica) ….

  • Pingback: 18ª Tiragem – ‘Purgatório’ é a ‘verdadeira história’ de Dante e Beatriz, um livro de Mario Prata – Edição Rápida

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: